Pepino Tipo Sunomono 100g Hemmer

Ingredientes

Pepino japonês, vinagre de arroz, açúcar e sal.



O Pepino Tipo Sunomono é utilizado em salada japonesa com molho ácido,  são servidas em pequenas porções, complementando refeições ou como aperitivos ou entrada (zensai), acompanhando o sake. As combinações são praticamente infinitas. Vegetais crus ou branqueados, frutos do mar (que podem ser crus, aferventados, cozidos, grelhados e, depois esfriados) e algumas frutas são utilizados nesse tipo de prato. Não existe uma regra fixa, mas o consenso geral é de usar ingredientes gelados e toda a água deve ser escorrida para não diluir o molho.

Porção de 50g ( 1/4 xícara de chá )

  Quantidade por porção % VD (*)
Valor energético 24 kcal = 101 kJ 2%
Carboidratos 4,0 g 2%
Proteínas 1,4 g 2%
Sódio 300 mg 13%

"Não contém quantidade significativa de gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans e fibra alimentar".

* % Valores diários com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. ** Valores diários não estabelecidos.

Sunomono significa, literalmente, “coisas de vinagre”. Essas saladas japonesas com molho ácido são servidas em pequenas porções, complementando refeições ou como aperitivos ou entrada (zensai), acompanhando o sake. 

O pepino é uma hortaliça da família das Curcubitáceas (da qual fazem parte também abóboras, morangas, melancia, melão, chuchu, maxixe, bucha, melão de São  Caetano), surgida na India. Foi levada para China, Filipinas; chegou ao Japão na segunda década do Século XX. Ali recebeu melhorias genéticas dando origem às  variedades Aodai e Aonaga, que viriam a ser cultivadas no Brasil, recebendo o nome de "Comum" e "Japonês", respectivamente. Mas há outros tipos, como o Caipira, o Holandês, o Cornichon ou Conserva. É fruto da pepineira, planta tipo trepadeira, que se desenvolve melhor em clima quente. A colheita, para a indústria é feita até duas vezes por dia, diariamente ou de dois em dois dias.

O pepino está entre os produtos tradicionais da Hemmer, pela longevidade com que é produzido e por sua excelência. Agricultores do Vale e Alto Vale do Itajaí, região onde esta instalada, são parceiros da empresa, há muitos anos. No final dos anos 90 a Hemmer estendeu esta parceria a produtores de Minas Gerais. A eles são fornecidas  sementes de variedades selecionadas e dada assistência técnica na fase de cultivo. Assegura, assim, o fornecimento de pepinos de qualidade, dentro dos padrões Hemmer, além de fortalecer a agricultura familiar e a economia destas regiões.


Fique por dentro das novidades